Conhecer as Plantas

JARDINS DOENÇAS DE PLANTAS JARDINAGEM CURSOS SOBRE PLANTAS ORQUÍDEAS E PLANTAS DE INTERIOR FLORES COMESTÍVEIS E AROMÁTICAS ACUPUNTURA VEGETAL FITOPATOLOGIA
 
InícioRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 O gato, o cão e os restos de comida que sobram

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
rosa

avatar

Mensagens : 144
Data de inscrição : 29/04/2009
Localização : Póvoa de Varzim

MensagemAssunto: O gato, o cão e os restos de comida que sobram   Qui Nov 19, 2009 5:50 pm

Se sairmos dos centros urbanos e formos para a periferia , observamos cães presos com cadeados (muitas vezes mais pesados que o próprio animal), e com uma alimentação constituída por restos do que sobra dos pratos donos. Aliás é comum dizer-se por aqui que os cães comem ossos e os gatos comem espinhas. Portanto está tudo dito! Quando será que esta mentalidade vai terminar? Quando será que as pessoas vão deixar de ter um cão escravo em casa, só para lhes guardar a casa? Quando será que as pessoas vão passar a alimentar devidamente o cão e o gato, em vez de lhes darem as sobras ( e que sobras) do seu prato?
Quando passo na rua e vejo miúdos a atirar pedras a um gato ou a um cão ( porque em casa vêem exactamente a mesma coisa), tenho vontade de abolir toda esta "rasca" geração!
Voltar ao Topo Ir em baixo
tripeira

avatar

Mensagens : 234
Data de inscrição : 14/03/2009
Localização : Grande Porto

MensagemAssunto: Re: O gato, o cão e os restos de comida que sobram   Sex Nov 20, 2009 12:45 pm

Grande Rosa, é assim mesmo que se fala. Conheço um vizinho meu que dá ossos e bocados de pão ao pobre do seu cão, e quando lhe banho dependura-o pelo pescoço com o cadeado, para o meter no tanque de água, empurra-o para baixo e puxa-o com o cadeado para cima, isto três ou quatro vezes, até o animal ficar lavado (no seu entender). Eu só pergunto para que vieram certos animais ao mundo, para sofrer tanto. lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Branquinho



Mensagens : 199
Data de inscrição : 17/03/2009
Idade : 53
Localização : Porto

MensagemAssunto: Cães, Gatos e Companhia   Dom Nov 29, 2009 2:35 pm

Neste momento tenho um gato criado à mão desde o primeiro momento em que nasceu. Um gato de porte grande quem vi desde que nasceram avó, avô, pai e mãe. É totalmente cinzente e têm o nome de "Oscar". Normalmente acomoda-se nos melhores lugares que encontra, dorme aos pés da cama e quando lhe dá na telha acomoda-se entre nós. Mia somente quando quer leite e tem melhores cuidados que nós mesmos já que possui água e comida em abundância. Gosta somente de biscoitos da marca do Pingo Doce e de leite meio magro. Ronrona a torto e a direito mas também tem o seu próprio território. Faz guerras com o amigo que afinal é de raça canina. Nunca passou um dia na rua e é gato de interior, mas passa tempo no exterior limitado do quintal onde gosta de "acariciar" determinadas plantas a que trinca as folhas. Adora beber água da planta de jericó.

Possuimos também um cão da raça do casal presidencial Obama. Cão de água português puro que nos foi oferecido após o casal que era dono se ter separado e abandonado à sua sorte de alma canina. Tem oito meses, é todo preto à excepção de uma mancha branca abaixo do queixo, dá pelo nome de "Kiko". Gosta de dormir no sofá onde particularmente arranjou lugar de plateia e para isso fez "sociedade" com o gato de forma a disfrutar de aquecimento e televiisão por cabo em primeira mão, e de noite muda-se para um dos tapetes do nosso quarto. Têm a sua própria louça onde se inclui água, biscoitos para cão e comida caseira que é preparada a dedo por mimnha esposa. Este exige mais trabalho devido à "tosquia", banhos e vacinas agendadas. Dá sinal de alerta a qualquer movimento exterior, gosta de fazer necessidades no quintal e sem sombra de dúvida "crateras" tipo meteorito.

Ambos lutam amigavelmente entre si. Disputam uma bola qual jogo Benfica e Porto. Ambos gostam de passear de carro e dar passeios pelas ruas. Agora imaginem o que é andar na rua com duas trelas e ainda por cima com um cão e um gato çlado a lado.

Infelizmente tenho vizinhos novos que mudaram de armas e bagagens e mantêm os cães e casotas na varanda da traseira. Os animais passam o dia acorrentados e limitados a espaço estreito. Somente são levados à rua quando os donos tem disponibilidade e "pachorra" para tal.

Não comento mais, que já tive alguns cães e gatos e sempre os tratei de forma condigna e de igual modo de "humano para humano".

lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nay



Mensagens : 915
Data de inscrição : 11/07/2009
Idade : 62
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: O gato, o cão e os restos de comida que sobram   Dom Nov 29, 2009 8:34 pm

Sr Branquinho

Não poderia deixar de responder a esta sua mensagem.

Para bem do seu gato, aconselho-o a pesquisar um pouco sobre alimentaçao para gatos e "salvar" o seu Oscar.
Escrevi salvar, sim!
Caso nao saiba ( o q estranho pk o sr "sabe tudo"), o leite que nós bebemos é veneno para os gatos, assim cm o aconselho a ter mt cuidado com comida sólida que se encontra à venda por esses supermercados fora..

Explicações sobre o q acabo de escrever? Não as farei. Tente informar-se junto de um bom veterinario ou pesquisar o qt puder pela net. Estou certa q irá encontrar a razão do que escrevi, e que só o fiz pelo muito gosto q tenho por animais.

Boa sorte Óscar.

Nay
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.nay-lx.blogspot.com/
xicão



Mensagens : 119
Data de inscrição : 27/05/2009
Localização : Arredores do Porto

MensagemAssunto: Re: O gato, o cão e os restos de comida que sobram   Seg Nov 30, 2009 6:30 pm

Ó Branquinho, desculpa lá, tu até és querido e muito participativo, mas então não sabes que o leite de vaca faz mal aos gatos? Fala com o teu veterinário e ele decerto te aconselhará a alimentação certa para o teu bichano. Eu sei que não fazes por mal, só pretendes que o teu animal coma e beba bem, mas toma cuidado para não perderes o gatinho. Boa sorte.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Branquinho



Mensagens : 199
Data de inscrição : 17/03/2009
Idade : 53
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: O gato, o cão e os restos de comida que sobram   Ter Dez 01, 2009 1:00 pm

Cara Nay e Xicão,

Nós sabemos que o leite de vaca faz mal aos gatos, no entanto este não é deitado no seu estado puro e em directo para a taça do gato. Desde há anos que minha avó criou gatos a beber leite meio gordo mas sempre o cortou com água. Nunca tivemos problemas com este sistema, mas lá que o gato gosta disso não há dúvidas.

Quando este gato era mais pequeno minha esposa comprava leite próprio para gatos nas lojas, mas depois este gatarão que já tem quase dois quilos e 40 cms do focinho até à cauda começou a recusar certas qualidades de leite e outras qualidades de biscoitos, mas mesmo assim o leite que bebe é sempre cortado por nós com água, deste modo a quantidade que bebe é mínima e somente uma vez ou outra é que nós procedemos a dar-lhe leite.

Quanto ao cão, esse veio bem magro já que foi maltratado e descuidado pelos donos que na altura de se separarem o deixaram amarrado à porta do apartamento. Foi-me oferecido por uma pessoa de família desse casal e já passou pelo veterinário. Já ganhou ium pedaço de vida depois que veio para aqui.

Agradeço a ambos as dicas que me deram, mas temos estes bichos a cargo de uma clinica veterinária que nos aconselha e fornece alimentos em sacos. A mesma clinica faz vacinação, tosquia, banho de desparasitação e ainda consegue albergue caso nós não possamos cuidar dos mesmos temporariamente.

Eles vão connosco no carro para alguns lados e nas férias temos que os levar porque não temos falta de espaços livres e local para dormir dentro de casa. Nesta posição, que aqui descrevo, sou ainda a crer que estes dois estão com muito mais sorte do que muita criança carente. Já em anos anteriores quando parava numa operação de stop a caminho de Lamego, a GNR local ficava pasmada e um deles não teve mãos a medir e comenta assim mesmo perante a cena da carrinha carregada: "Isto é que é bicharada". Eu ia a guiar e trazia a minha mulher, dois filhos, um neto, uma gaiola com um canário, uma cadela labrador e um gato.

FLOR
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nita



Mensagens : 1
Data de inscrição : 03/12/2009

MensagemAssunto: Óscar   Qui Dez 03, 2009 6:44 pm

Boa tarde,

Este fórum foi-me apresentado por um dos membros e só decidi deixar uma resposta depois de ler a mensagem do Sr. Branquinho, referente ao seu gato, Óscar.
É antes de mais a este utilizador que me irei dirigir, desejando aos restantes e ao fórum as melhores felicidades e votos de sucesso para o projecto. Mais ainda, este será o meu único post sobre este assunto, com o único intuito de esclarecer alguns pontos.

Reconhecendo o meu total desconhecimento de causa face a plantas, no que se refere a gatos, devido ao contacto com estes e a uma vasta pesquisa e frequência de fóruns sobre animais, foi-me permitido aprofundar conhecimentos e desfazer alguns mitos.

O leite de vaca tem 2 particularidades que o tornam altamente intolerável e nada recomendado a felinos:
1º Pertencendo os gatos à raça felídea, são carnívoros por natureza. Em ambiente "natural", estes caçam essencialmente presas pequenas, tais como roedores e aves. Assim sendo, o seu organismo não está concebido para digerir leite de vaca. Mesmo ainda em crias, apesar de mamíferos, o leite materno é o resultado da alimentação da mãe, portanto, uma alimentação própria de um felino. Esta é a principal razão pela qual os gatos são intolerantes à lactose.

2º O de vaca é extremamente incompleto face à necessidade proteica dos gatos. Assim quando pensa que está a "cortar" o leite, está a restringir a quantidade de proteínas. Há no mercado leite próprio para gatos. Este muito mais rico e completo que o nosso, mesmo assim só deve ser dado a crias quando estas não possam ser amamentadas. Gatos adultos não devem beber leite.

É um facto que as nossas avós alimentavam gatos com leite. Aliás, a ideia de um gato deliciado com uma terrina de leite, é imagem corrente nas campanhas publicitárias dos dias de hoje. Mas será correcto?... Argumentações, como "Os gatos dos meus avós viveram até aos 15 anos" não são válidas para justificar o uso de leite de vaca na alimentação felina. Se chegávam a tal idade era porque viviam numa semi liberdade, entre telhados de aldeias com estradas pouco movimentadas e onde podiam exercitar-se e evitar uma série de doenças consequentes do sedentarismo (tal como acontece nos humanos). Hoje, devemos redobrar cuidados, impedindo o acesso ao exterior e dedicando tempo de brincadeira para que possam exercitar-se. Mas, acima de tudo, dar-lhes uma alimentação que cumpra as suas necessidades enquanto felídeos.

A intolerância à lactose está documentada por veterinários e as consequências, embora não sejam visíveis de imediato, poderão ser bastante graves para a saúde do animal.

Quanto à segunda parte do seu post : "Biscoitos Pingo Doce"...
Tendo em conta tudo o que já foi referido, reforço a necessidade de dar uma alimentação correcta aos nossos animais, pois isso reverte, em 1º lugar na saúde deles e consequentemente, em 2º lugar, nos gastos futuros com cuidados veterinários.

Embora adorem rações tipo Pingo Doce, Friskies e Whiskas, estas são péssimas para eles. Nem tudo o que é apelativo é sinónimo de qualidade. Por exemplo... Normalmente as pessoas gostam de doces... Devemos basear a nossa alimentação em doces?... Analogia: Os gatos gostam de rações que apelam ao paladar mas fracas em nutrientes...Devemos basear nestas a sua alimentação?... Não.

Estranhamente estas rações saem mais caras ou ao mesmo preço de uma ração premium (Royal Canin, Eukanuba, Hills, etc). Isto porque, sendo rações de melhor qualidade, fornecem mais nutrientes e saciam mais. Para além disso tem doses diárias recomendadas de acordo com o peso do animal. Assim, consome-se menos e feitas as contas ao fim do mês, o valor inicialmente investido, é diluído, acabando por compensar.

Se quer dar uma ração um pouco mais em conta, então opte para Purina. Das gamas de supermercado é a que os veterinários consideram "menos má" mas, se puder investir na saude so seu Óscar, que tanto diz estimar, então faça um esforço e verá que o valor de um café por dia é bem empregue e é o mínimo que ele merece.

O último ponto, e talvez ainda o importante:
MUITA ATENÇÃO à junção gatos+plantas. A maioria são venenosas para os gatos e não num sentido figurado. São realmente venenosas, podendo este veneno ter um efeito rápido e fatal ou ainda mais prolongado, levando a graves doenças e mesmo à morte. Nesta época, tenha especial atenção à chamada "Flor-do-Natal". É absolutamente venenosa para eles.

Aqui fica um artigo com uma lista de plantas que devem ser mantidas longe dos gatos:

http://arcadenoe.sapo.pt/artigo/gatos_jardineiros_/346

Humanos, felideos, canídeos ou répteis, cada um tem características próprias. Este é o princípio da diversidade com que a natureza nos brinda. Respeitar essa diversidade é igualmente respeitar as características intrínsecas de cada espécie. Reconecê-las, aceitá-las e saber viver com elas é a maior prova de afecto que podemos dar aos nossos animais. Respeitar não é querer igualar a raça humana e sim perceber a diferença e fazer de tudo para conferir os melhores cuidados que a espécie exige e que possamos dar.

Basta pesquisar em fóruns credíveis sobre animais ou em sites de veterinária para confirmar todas estas informações.

Em suma, respeite o seu gato por aquilo que é, trate-o de acordo com o felino que é mas com a dignidade e respeito que dedica aos seres humanos, nomeadamente à sua familia, pois é assim que ele deve ser tratado, como mais um elemento da família... Só diferente na raça Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2353
Data de inscrição : 09/03/2009
Idade : 76
Localização : Região do grande Porto

MensagemAssunto: Re: O gato, o cão e os restos de comida que sobram   Sex Dez 04, 2009 9:36 am

Puxa, Nita...chegou e falou. E que bem falou. Conto consigo em intervenções futuras, continue a brindar-nos com os seus conhecimentos. Arrow
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://conhecerasplantas.forumeiros.com
tripeira

avatar

Mensagens : 234
Data de inscrição : 14/03/2009
Localização : Grande Porto

MensagemAssunto: Re: O gato, o cão e os restos de comida que sobram   Sex Dez 04, 2009 10:20 am

Nita, gostei do que li. E o Branquinho que não leve a mal, por levar nas orelhas, porque andamos sempre a aprender todos os dias. Tu estás ligada a animais, ou é só mera curiosidade?
E aquela dos burrinhos entre as alentejanitas? É de morrer a rir com elas, mas são as duas muito queridas, e como eu gostava de as conhecer e lhes dar um beijinho pela sua colaboração.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nay



Mensagens : 915
Data de inscrição : 11/07/2009
Idade : 62
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: O gato, o cão e os restos de comida que sobram   Sex Dez 04, 2009 11:55 am

Obg tripeira*

Tu tb és uma querida.

Aviso-te que não te escapas de pagar um cafézito qd eu fôr ao Porto (ou pago eu, não é importante quem pága)

Eu sou a alentejanita,e nao me escondo... vais ter de me aturar, ai vais vais..
A nossa alentejaninha ( Mª Joao) não dá a cara.
Alentejanas e de localidades mt proximas, mas mt diferentes já reparaste???

beijinhos

Nay
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.nay-lx.blogspot.com/
Mahevi

avatar

Mensagens : 271
Data de inscrição : 17/07/2009
Idade : 76
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: O gato, o cão e os restos de comida que sobram   Sab Dez 05, 2009 2:00 am

NITA NÃO TE CONHEÇO MAS ATÉ PODIAS SER UMA ALENTEJANA UMA PORTISTA, ETC ONDE ARMAZENAS TANTA CIÊNCIA GOSTEI E APRENDI ALGUMA COISA O BRANQUINHO QUE ME PERDOE MAS CONSEGUI LER TODA A TUA MENSAGEM E AS DELE NEM SEMPRE, UM ABRAÇO MOÇA CONTINUA A TRANSMITIR OS TEUS CONHECIMENTOS



UM ABRAÇO FLOR FLOR flores flores
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.mahevi-mahevi.blogspot.com/
Branquinho



Mensagens : 199
Data de inscrição : 17/03/2009
Idade : 53
Localização : Porto

MensagemAssunto: Gatos e Companhia   Sab Dez 05, 2009 12:01 pm

Bom Dia,

Por razões de profissão tenho estado ausente, pelo que somente agora pude observar a sua mensagem neste tópico. É bastante elucidativa a forma como coloca a informação sobre alimentação de gatos. Ambos gostamos do que escreve e apreciamos a eloquência com que o fez. Vamos ter em conta essa informação.

Já tivemos outro gato de grande porte e peso e de que nunca soubemos a raça que foi esclusivamente craido por mão da minha avó. Este gato foi alimentado pelo antigo sistema que a minha avó conhecia, e a sua vida já tinha 17 anos pelo que ele quando ia ao veterinário nos disseram que o gato estava mesmo na velhice. Misteriosamente e simplesmente desapareceu quando a minha avó se encontrava no final dos seus dias de vida.

Nos tempos que ocorrem a informação que nos chega sobre animais é diversificada, mas relembro - sem querer contrariar a informação que nos cede e a opinião de conhecedores em vida animal - que antes de haver o novo sistema de alimentação estes felinos eram tratados de forma normal e idêntica a de qualquer ser humano, pelo que a título de exemplo - servindo-me da longevidade da vida da minha falecida avó que desapareceu com 99 anos - vamos considerar que o velho método é tão valioso quanto o sistema actual e observaremos os dois quais pratos de uma balança.

Não consideramos que haja saúde num gato que só come biscoitos e leite de determinada marca recomendada pelos veterinários e quanto muito deve também obter alimentos saudáveis e sólidos de origem caseira entre os quais existam doses de carne e peixe cozidos, arroz e até mesmo algumas pequenas e oportunas doses de alimentos para gatos. Este gato já tem 1 ano.

Sabemos que determinadas plantas são venenosas e no entanto não possuimos qualquer espécie que seja do agrado nem do gato nem do cão. Mas relembro que tanto uns como outros sempre que se encontram em áreas livres da natureza gostam de certas plantas e não se escusam de as mastigar apesar da mínima quantidade que possam comer. Nunca em anos de vida da minha avó, que teve vários gatos e cães desde 1905 até 2004 houve registo de qualquer complicação alimentar e pelos relatos que nos chegam todos eles faleceram após longa e boa vida felina e canina, daqui concluimos que nem sempre o velho sistema de outras épocas esrava errado e nem sempre o actual sistema é o mais adequado.

Testemunhos de ordem mais idônea que se encontram entre os membros deste fórum poderão atestar que antes do actual sistema existir os animais eram mais saudáveis em relação aos do tempo actual. Nem tudo o que é antigo está errado e a experiência de uns servirá de exemplo a outros.

lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O gato, o cão e os restos de comida que sobram   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O gato, o cão e os restos de comida que sobram
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Aquário ideal para Peixes-Gato
» Meu periquito foi mordido por um gato.
» Alguem ja criou Shih tzu com gato?
» GATO querendo Periquito!!! AJUDA!!!
» Calopsita x Gato

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Conhecer as Plantas :: OS NOSSOS ANIMAIS-
Ir para: