Conhecer as Plantas

JARDINS DOENÇAS DE PLANTAS JARDINAGEM CURSOS SOBRE PLANTAS ORQUÍDEAS E PLANTAS DE INTERIOR FLORES COMESTÍVEIS E AROMÁTICAS ACUPUNTURA VEGETAL FITOPATOLOGIA
 
InícioRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 BONSAI tudo sobre elas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Flora
Moderadora
avatar

Mensagens : 273
Data de inscrição : 09/03/2009
Idade : 44

MensagemAssunto: BONSAI tudo sobre elas   Seg Mar 16, 2009 6:17 pm

Apresentação
Um dos aspectos mais intrigantes da arte do Bonsai é sua sobrevivência num punhado de solo.

Na maioria das vezes, espécimes de longa idade e de grande tamanho são cultivados em vasos de profundidade inferior a 8 cm., outros têm uma boa parte das suas raízes expostas e outros são plantados em pequenas rochas, com o mínimo de solo.

O cuidado principal com os Bonsai consiste em lhes proporcionar a quantidade certa de humidade e um bom sistema de drenagem. Dependendo do cuidado que tomar, esses dois factores o levarão ao sucesso ou ao fracasso total nas suas tentativas.

A arte do bonsai
O Bonsai no seu sentido artístico, não é só uma arte e muito menos uma religião, pois empresta lições de vida, onde expressa uma imensidão de coisas boas. Como o Bonsai é considerado uma fotografia viva, pois retrata sempre a miniaturização de uma paisagem natural e através da filosofia oriental denominada "ZEN", receita que uma das regras de quem vai iniciar a prática desta arte, é procurar HARMONIZAR-se com a natureza. Desta forma, um dos factores essenciais é a respiração, e que concentrando-se nela como forma de entrar em harmonia consigo mesmo, afim de passar a reflectir da mesma forma para a planta, ao ponto de se tornarem um todo indistinto. Forma-se aí um único ser, onde não há sujeito e nem objecto e em plena integração.

Foi no Japão que se tornou uma alta forma de expressão artística. O seu nome em japonês, Bonsai, significa "cultivado(plantado) em bandeja".

Sendo uma arte viva, torna-se uma obra nunca terminada, em constante transformação nas mãos do artista, fonte inesgotável de inspiração e meditação.


Cuidados básicos
Todo o vaso de Bonsai tem que ser assistido diariamente para verificar a humidade do solo e irrigados pelo menos uma vez por dia.

Ambiente
É importante que sejam arejados e com bastante sol de manhã, (ideal é o sol da manhã até as 11 h e o sol da tarde à partir das 16 h(no verão). No Inverno, sol pleno (quando houver).

Irrigação
Os vasos de Bonsai são rasos e retêm pouca água, pois a terra utilizada, é composta de substratos que facilitam a drenagem exigindo irrigações mais frequentes principalmente no Verão. A falta de água no bonsai, é um dos maiores motivos que levam as plantas a murcharem e até mesmo morrerem. ATENÇÃO: Em casos de viagens, peça para que alguém cuide dos seus vasos durante todo o seu período de ausência. Não utilize pratos de retenção de água, pois o excesso também é prejudicial, pois poderá encharcá-lo. Se a base de um vaso estiver cheio de água, poderá entupir os vasos capilares das raízes vindo a prejudicá-la.

Solo
A composição do solo de cultura de Bonsai é de menor importância que a sua possibilidade de reter a quantidade certa de humidade. Se observar a lista de solos recomendados para cada espécie de Bonsai, elaboradas por cada cultivador, certamente ficará surpreendido.. Cada um tem suas próprias fórmulas, que, obviamente, dependem do lugar em que vivem, e da natureza que ali lhe proporciona. É como ter que usar argila especial, esfagno, de ter que peneirar diversas vezes, humedecer o solo, desidratar, numa profusão de esquemas, que deixa o iniciante perplexo e receoso.

Mistura básica
Uma mistura mais simples, que temos usado com sucesso, funciona tão bem quanto outras mais requintadas que existem por aí.

Ela compõe-se de terra, composto orgânico e areia.

Terra de superfície
Ou normalmente chamada de terra preta. É simplesmente a primeira camada de terra que se retira de um terreno com vegetação natural (terra de construção, por exemplo). Nunca utilize a terra proveniente de jardins, por ser altamente fertilizada com produtos químicos, que farão mal aos Bonsai.

Terra de subsolo
É a terra que se obtém a 30 ou 40 cm da superfície do solo. Contém mais argila e menos compostos orgânicos, retém melhor a humidade.

Composto orgânico
Composto orgânico é entendido aqui como o composto derivado da decomposição de restos vegetais, que é facilmente encontrado nas lojas da especialidade.

Não use adubos animais, principalmente se viver em áreas de quase permanente altas temperaturas. Além de proporcionar alimento aos Bonsai, tal composto contribui para o arejamento do solo. Pode utilizar, humus de minhoca para esse fim.

Areia
É a areia do rio, de material de construção. Areia da praia não pode ser usada, primeiro porque contém, obviamente, muito sal, que mesmo com muitas lavagens não é todo retirado, segundo, porque os seus grãos são muito mais finos, compactando a mistura.

A areia proporciona o arejamento do solo, não alimenta os Bonsai.

Peneirar
Deixe secar bem cada componente, peneire cada ingrediente acima separadamente e só os misture na hora de usar, primeiro, peneire com a chamada peneira grossa, separando os pedaços maiores que servirão como primeira camada no fundo do vaso, retire também, as raízes de grama e de ervas daninhas. Depois peneire o que guardou com uma peneira fina, separando as partículas menores, que serão utilizadas para uma cobertura final do solo e onde crescerá o musgo. Deixe ao sol cada componente, pelo menos por três dias, revirando-os diariamente. O que utiliza como substrato é o que fica entre as duas peneiras. Se tem pressa, uma mistura básica leva um quarto de cada um desses componentes, mantenha-os separados e misture-os apenas no momento de usar.

Controle da drenagem
Não deve usar apenas terra, coloque um pouco de pedras (pequenas) junto com os torrões no fundo do vaso. Terra é usualmente muito densa, com a rega, e, ao fim de algum tempo, ficará muito compactada dentro de vasos de Bonsai, endurecerá, impedindo que a água atinja as raízes, que serão afectadas, levando a árvore à morte. Coníferas (pinheiros, cedro, tuia, etc.) têm um solo um pouco menos húmido que as demais árvores. Se tem uma quantidade razoável de Bonsai em treinamento, por exemplo, controlar a quantidade de água em cada rega para cada uma das espécies é, sem dúvida, difícil e fora de propósito.

Adubação
Não é recomendado adubar plantas doentes por qualquer motivo, pois poderá acabar por as prejudicar ainda mais e por inteiro. Não adube com o vaso seco, regue-o antes. Fertilize sempre ao entardecer, evite durante o Verão, ou mesmo em outras épocas, se a temperatura local ultrapassar 30 graus Cº, desnecessária no Inverno, de quinze em quinze dias no Outono e na Primavera, não fertilize as plantas quando estiver no seu período de florescimento ou já frutificando. O ideal é a planta do Bonsai ser replantada num período que varia de 2 a 5 anos, para troca do substrato (terra), com objectivo de repor novos nutrientes e a para manutenção do seu formato e estilo. O replantação tem também a função de retardar o crescimento, condicionando a planta a manter sua ananização. Recomendamos esta operação a pessoas que conhecem ou que tenham uma certa prática com jardinagem, para que na ocasião possa haver uma possível poda de raízes.


No caso dos Bonsai, o solo utilizado vai-se tornando cada vez mais ácido, pela acção da água das regas, o que é preciso corrigir, de tempos em tempos. Pode recolher amostras do solo para enviar a um laboratório, ou, então usar as fórmulas abaixo, sem dúvida, mais baratas (dica: coloque um pedaço de giz branco enfiado no solo do vaso). Regra básica: antes de aplicar qualquer tipo de fertilizante ou outro preparado nos Bonsai, faça uma rega abundante com água comum, senão pode comprometer seriamente suas raízes.

Fertilizantes
Pode usar os fertilizantes, à venda no mercado, desde que tome o cuidado de seguir a recomendação de uso do fabricante e usar a metade da quantidade por ele atribuída para a solução. Por exemplo, se a indicação for de 10mg por litro, use 5mg por litro. Nunca use a solução directamente nas folhas dos Bonsai, regue apenas o solo.


Regra dos três pontos (triângulo escaleno)
É, de qualquer forma, muito importante determinar qual vai ser a frente do Bonsai, ou seja, o seu melhor lado para demonstração. No Japão, é costume observar a regra dos três pontos, que simbolizam o Céu, a Terra e o Homem, regra essa familiar também para aqueles que estudaram e praticam arranjos florais japoneses. Tais pontos formam um triângulo normalmente escaleno (três lados desiguais), com o Céu no topo da árvore, o Homem no ponto médio e a Terra no ponto mais próximo do solo.

O ângulo formado no ponto Terra deve ser o mais agudo de todos eles. Quando os galhos que formam o ângulo Terra são inadequados, um pedaço de rocha deve ser colocada próximo a ele, para acentuar tal ângulo. Sempre que possível respeite a regra dos três pontos. Não se trata, todavia, de dogma de fé, tendo em conta a existência de inúmeros Bonsai de destaque internacional e até premiados, onde a regra dos três pontos não é perfeitamente discernível.

Ao treinar um Bonsai, os padrões normalmente preconizados pelos mestres estipulam que ele pode ser considerado "terminado" quando pelo menos três galhos (contados a partir da base do tronco para cima) estiverem completamente treinados, requerendo apenas uma poda anual e nenhum processo adicional de formação.

De modo geral, as árvores decíduas (macieiras, laranjeiras, limoeiros, etc.) alcançam tal estágio a partir de 30 anos de idade e as coníferas (pinheiros, juníperos, ciprestes, etc.) a partir de 40 anos de idade.

É muito tempo, mas a perfeição só vem com um longo cuidado constante. Isto não quer dizer que não possa apreciar o seu jovem Bonsai, desde o início do treinamento.

Há várias regras importantes, que devemos ter em mente, sempre que se fizer a poda aérea de Bonsai.

Regra 1: Treine os seus Bonsai nos formatos padrões, ou seja, os formatos que são naturais para cada espécie envolvida. Cultive o hábito de guardar, para consulta, fotografias de árvores existentes na natureza, das espécies que está a cultivar ou quer cultivar. Tais fotografias podem ser suas próprias, de revistas, de livros e, obviamente, da Internet.

Regra 2: Quando estiver podando um galho, nunca esqueça a formação inteira da árvore ou seu projecto de formação para ela.

Regra 3: Decida, ainda quando o Bonsai é jovem, que características o observador deve perceber e pode de acordo com o que foi decidido. Se o Bonsai deve aparentar muita idade, então a forma deve ser arredondada e suave. O crescimento terminal, geralmente pontiagudo, deve ser constantemente podado.

Caso o carácter que queira dar é o de juventude, ou seja, de uma árvore de crescimento vigoroso, a parte de crescimento terminal em ponta deve ser mantida e bem visível, embora não necessite ser muito extenso.

Regra 4: Faça a poda aérea em várias etapas. Nunca retire muito material numa só sessão de trabalho.

Pare de podar logo que tenha a sensação de que podou demais (a sensibilidade vem com o tempo).

Há dois tipos de operações de poda aérea


Poda de formação ou de estilo:

Também denominada poda de galhos ou de poda de madeira antiga, onde retira e/ou diminui galhos, reduz o próprio tronco, com vistas à estrutura que quer dar ao Bonsai, no início do treinamento ou mesmo em idade mais adulta, caso queira mudar a forma ou estilo.

Obviamente, quanto mais cedo, melhor. Geralmente feita na época de repouso das árvores.

Poda de manutenção ou poda de crescimento novo:

Realizada ao longo do período de crescimento da estação actual, com redução dos novos rebentos, para manter a estrutura básica do Bonsai
uidados básicos com o bonsai

Resumo:
Considerando as espécies mais utilizadas para Bonsai podemos dividi-las nas classes EXTERIOR e INTERIOR.

Para EXTERIOR deveremos ter uma exposição a luz solar directa de pelo menos 4 horas diárias.

Para INTERIOR é necessário que o Bonsai receba luz directa e/ou filtrada durante 4 horas diárias, é aconselhável que uma vez por semana o Bonsai seja exposto a luz solar directa, se possível no período da manhã, durante 3 a 4 horas.

Regar diariamente, mantendo a terra húmida ao toque, porém deve-se tomar o cuidado de não o deixar encharcado, água empoçada. Lembre-se que o nível de humidade determinará a periodicidade da rega. Bonsai para INTERIOR - Dispor o vaso onde a luz solar seja abundante. Para um melhor desenvolvimento do Bonsai, é aconselhável que seja exposto a luz solar directa pelo menos uma vez por semana, sendo o período da manhã o melhor. Bonsai para EXTERIOR - O vaso deve ser disposto num local onde possa receber luz solar directa no mínimo 4 (quatro) horas diárias.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2353
Data de inscrição : 09/03/2009
Idade : 76
Localização : Região do grande Porto

MensagemAssunto: Bonsai   Seg Mar 16, 2009 9:13 pm

Parabéns pelo artigo e pelo seu desenvolvimento. Arrow
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://conhecerasplantas.forumeiros.com
Violeta

avatar

Mensagens : 118
Data de inscrição : 10/03/2009
Idade : 53
Localização : Trofa

MensagemAssunto: Re: BONSAI tudo sobre elas   Seg Mar 16, 2009 10:49 pm

Adoro Bonsai mas é pena serem tão caras :| flower
Voltar ao Topo Ir em baixo
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2353
Data de inscrição : 09/03/2009
Idade : 76
Localização : Região do grande Porto

MensagemAssunto: "Violeta"   Sex Mar 27, 2009 7:23 pm

Cara Violeta,
tenho notado a sua ausência de participação no forum. Estamos todos ansiosos pelas suas dúvidas e suas sugestões, a que nos tinha habituado. Ânimo! Arrow
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://conhecerasplantas.forumeiros.com
Raquel



Mensagens : 17
Data de inscrição : 17/10/2009
Idade : 30
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: BONSAI tudo sobre elas   Sab Out 24, 2009 9:38 am

Flora escreveu:
Apresentação
Um dos aspectos mais intrigantes da arte do Bonsai é sua sobrevivência num punhado de solo.

Na maioria das vezes, espécimes de longa idade e de grande tamanho são cultivados em vasos de profundidade inferior a 8 cm., outros têm uma boa parte das suas raízes expostas e outros são plantados em pequenas rochas, com o mínimo de solo.

O cuidado principal com os Bonsai consiste em lhes proporcionar a quantidade certa de humidade e um bom sistema de drenagem. Dependendo do cuidado que tomar, esses dois factores o levarão ao sucesso ou ao fracasso total nas suas tentativas.

A arte do bonsai
O Bonsai no seu sentido artístico, não é só uma arte e muito menos uma religião, pois empresta lições de vida, onde expressa uma imensidão de coisas boas. Como o Bonsai é considerado uma fotografia viva, pois retrata sempre a miniaturização de uma paisagem natural e através da filosofia oriental denominada "ZEN", receita que uma das regras de quem vai iniciar a prática desta arte, é procurar HARMONIZAR-se com a natureza. Desta forma, um dos factores essenciais é a respiração, e que concentrando-se nela como forma de entrar em harmonia consigo mesmo, afim de passar a reflectir da mesma forma para a planta, ao ponto de se tornarem um todo indistinto. Forma-se aí um único ser, onde não há sujeito e nem objecto e em plena integração.

Foi no Japão que se tornou uma alta forma de expressão artística. O seu nome em japonês, Bonsai, significa "cultivado(plantado) em bandeja".

Sendo uma arte viva, torna-se uma obra nunca terminada, em constante transformação nas mãos do artista, fonte inesgotável de inspiração e meditação.


Cuidados básicos
Todo o vaso de Bonsai tem que ser assistido diariamente para verificar a humidade do solo e irrigados pelo menos uma vez por dia.

Ambiente
É importante que sejam arejados e com bastante sol de manhã, (ideal é o sol da manhã até as 11 h e o sol da tarde à partir das 16 h(no verão). No Inverno, sol pleno (quando houver).

Irrigação
Os vasos de Bonsai são rasos e retêm pouca água, pois a terra utilizada, é composta de substratos que facilitam a drenagem exigindo irrigações mais frequentes principalmente no Verão. A falta de água no bonsai, é um dos maiores motivos que levam as plantas a murcharem e até mesmo morrerem. ATENÇÃO: Em casos de viagens, peça para que alguém cuide dos seus vasos durante todo o seu período de ausência. Não utilize pratos de retenção de água, pois o excesso também é prejudicial, pois poderá encharcá-lo. Se a base de um vaso estiver cheio de água, poderá entupir os vasos capilares das raízes vindo a prejudicá-la.

Solo
A composição do solo de cultura de Bonsai é de menor importância que a sua possibilidade de reter a quantidade certa de humidade. Se observar a lista de solos recomendados para cada espécie de Bonsai, elaboradas por cada cultivador, certamente ficará surpreendido.. Cada um tem suas próprias fórmulas, que, obviamente, dependem do lugar em que vivem, e da natureza que ali lhe proporciona. É como ter que usar argila especial, esfagno, de ter que peneirar diversas vezes, humedecer o solo, desidratar, numa profusão de esquemas, que deixa o iniciante perplexo e receoso.

Mistura básica
Uma mistura mais simples, que temos usado com sucesso, funciona tão bem quanto outras mais requintadas que existem por aí.

Ela compõe-se de terra, composto orgânico e areia.

Terra de superfície
Ou normalmente chamada de terra preta. É simplesmente a primeira camada de terra que se retira de um terreno com vegetação natural (terra de construção, por exemplo). Nunca utilize a terra proveniente de jardins, por ser altamente fertilizada com produtos químicos, que farão mal aos Bonsai.

Terra de subsolo
É a terra que se obtém a 30 ou 40 cm da superfície do solo. Contém mais argila e menos compostos orgânicos, retém melhor a humidade.

Composto orgânico
Composto orgânico é entendido aqui como o composto derivado da decomposição de restos vegetais, que é facilmente encontrado nas lojas da especialidade.

Não use adubos animais, principalmente se viver em áreas de quase permanente altas temperaturas. Além de proporcionar alimento aos Bonsai, tal composto contribui para o arejamento do solo. Pode utilizar, humus de minhoca para esse fim.

Areia
É a areia do rio, de material de construção. Areia da praia não pode ser usada, primeiro porque contém, obviamente, muito sal, que mesmo com muitas lavagens não é todo retirado, segundo, porque os seus grãos são muito mais finos, compactando a mistura.

A areia proporciona o arejamento do solo, não alimenta os Bonsai.

Peneirar
Deixe secar bem cada componente, peneire cada ingrediente acima separadamente e só os misture na hora de usar, primeiro, peneire com a chamada peneira grossa, separando os pedaços maiores que servirão como primeira camada no fundo do vaso, retire também, as raízes de grama e de ervas daninhas. Depois peneire o que guardou com uma peneira fina, separando as partículas menores, que serão utilizadas para uma cobertura final do solo e onde crescerá o musgo. Deixe ao sol cada componente, pelo menos por três dias, revirando-os diariamente. O que utiliza como substrato é o que fica entre as duas peneiras. Se tem pressa, uma mistura básica leva um quarto de cada um desses componentes, mantenha-os separados e misture-os apenas no momento de usar.

Controle da drenagem
Não deve usar apenas terra, coloque um pouco de pedras (pequenas) junto com os torrões no fundo do vaso. Terra é usualmente muito densa, com a rega, e, ao fim de algum tempo, ficará muito compactada dentro de vasos de Bonsai, endurecerá, impedindo que a água atinja as raízes, que serão afectadas, levando a árvore à morte. Coníferas (pinheiros, cedro, tuia, etc.) têm um solo um pouco menos húmido que as demais árvores. Se tem uma quantidade razoável de Bonsai em treinamento, por exemplo, controlar a quantidade de água em cada rega para cada uma das espécies é, sem dúvida, difícil e fora de propósito.

Adubação
Não é recomendado adubar plantas doentes por qualquer motivo, pois poderá acabar por as prejudicar ainda mais e por inteiro. Não adube com o vaso seco, regue-o antes. Fertilize sempre ao entardecer, evite durante o Verão, ou mesmo em outras épocas, se a temperatura local ultrapassar 30 graus Cº, desnecessária no Inverno, de quinze em quinze dias no Outono e na Primavera, não fertilize as plantas quando estiver no seu período de florescimento ou já frutificando. O ideal é a planta do Bonsai ser replantada num período que varia de 2 a 5 anos, para troca do substrato (terra), com objectivo de repor novos nutrientes e a para manutenção do seu formato e estilo. O replantação tem também a função de retardar o crescimento, condicionando a planta a manter sua ananização. Recomendamos esta operação a pessoas que conhecem ou que tenham uma certa prática com jardinagem, para que na ocasião possa haver uma possível poda de raízes.


No caso dos Bonsai, o solo utilizado vai-se tornando cada vez mais ácido, pela acção da água das regas, o que é preciso corrigir, de tempos em tempos. Pode recolher amostras do solo para enviar a um laboratório, ou, então usar as fórmulas abaixo, sem dúvida, mais baratas (dica: coloque um pedaço de giz branco enfiado no solo do vaso). Regra básica: antes de aplicar qualquer tipo de fertilizante ou outro preparado nos Bonsai, faça uma rega abundante com água comum, senão pode comprometer seriamente suas raízes.

Fertilizantes
Pode usar os fertilizantes, à venda no mercado, desde que tome o cuidado de seguir a recomendação de uso do fabricante e usar a metade da quantidade por ele atribuída para a solução. Por exemplo, se a indicação for de 10mg por litro, use 5mg por litro. Nunca use a solução directamente nas folhas dos Bonsai, regue apenas o solo.


Regra dos três pontos (triângulo escaleno)
É, de qualquer forma, muito importante determinar qual vai ser a frente do Bonsai, ou seja, o seu melhor lado para demonstração. No Japão, é costume observar a regra dos três pontos, que simbolizam o Céu, a Terra e o Homem, regra essa familiar também para aqueles que estudaram e praticam arranjos florais japoneses. Tais pontos formam um triângulo normalmente escaleno (três lados desiguais), com o Céu no topo da árvore, o Homem no ponto médio e a Terra no ponto mais próximo do solo.

O ângulo formado no ponto Terra deve ser o mais agudo de todos eles. Quando os galhos que formam o ângulo Terra são inadequados, um pedaço de rocha deve ser colocada próximo a ele, para acentuar tal ângulo. Sempre que possível respeite a regra dos três pontos. Não se trata, todavia, de dogma de fé, tendo em conta a existência de inúmeros Bonsai de destaque internacional e até premiados, onde a regra dos três pontos não é perfeitamente discernível.

Ao treinar um Bonsai, os padrões normalmente preconizados pelos mestres estipulam que ele pode ser considerado "terminado" quando pelo menos três galhos (contados a partir da base do tronco para cima) estiverem completamente treinados, requerendo apenas uma poda anual e nenhum processo adicional de formação.

De modo geral, as árvores decíduas (macieiras, laranjeiras, limoeiros, etc.) alcançam tal estágio a partir de 30 anos de idade e as coníferas (pinheiros, juníperos, ciprestes, etc.) a partir de 40 anos de idade.

É muito tempo, mas a perfeição só vem com um longo cuidado constante. Isto não quer dizer que não possa apreciar o seu jovem Bonsai, desde o início do treinamento.

Há várias regras importantes, que devemos ter em mente, sempre que se fizer a poda aérea de Bonsai.

Regra 1: Treine os seus Bonsai nos formatos padrões, ou seja, os formatos que são naturais para cada espécie envolvida. Cultive o hábito de guardar, para consulta, fotografias de árvores existentes na natureza, das espécies que está a cultivar ou quer cultivar. Tais fotografias podem ser suas próprias, de revistas, de livros e, obviamente, da Internet.

Regra 2: Quando estiver podando um galho, nunca esqueça a formação inteira da árvore ou seu projecto de formação para ela.

Regra 3: Decida, ainda quando o Bonsai é jovem, que características o observador deve perceber e pode de acordo com o que foi decidido. Se o Bonsai deve aparentar muita idade, então a forma deve ser arredondada e suave. O crescimento terminal, geralmente pontiagudo, deve ser constantemente podado.

Caso o carácter que queira dar é o de juventude, ou seja, de uma árvore de crescimento vigoroso, a parte de crescimento terminal em ponta deve ser mantida e bem visível, embora não necessite ser muito extenso.

Regra 4: Faça a poda aérea em várias etapas. Nunca retire muito material numa só sessão de trabalho.

Pare de podar logo que tenha a sensação de que podou demais (a sensibilidade vem com o tempo).

Há dois tipos de operações de poda aérea


Poda de formação ou de estilo:

Também denominada poda de galhos ou de poda de madeira antiga, onde retira e/ou diminui galhos, reduz o próprio tronco, com vistas à estrutura que quer dar ao Bonsai, no início do treinamento ou mesmo em idade mais adulta, caso queira mudar a forma ou estilo.

Obviamente, quanto mais cedo, melhor. Geralmente feita na época de repouso das árvores.

Poda de manutenção ou poda de crescimento novo:

Realizada ao longo do período de crescimento da estação actual, com redução dos novos rebentos, para manter a estrutura básica do Bonsai
uidados básicos com o bonsai

Resumo:
Considerando as espécies mais utilizadas para Bonsai podemos dividi-las nas classes EXTERIOR e INTERIOR.

Para EXTERIOR deveremos ter uma exposição a luz solar directa de pelo menos 4 horas diárias.

Para INTERIOR é necessário que o Bonsai receba luz directa e/ou filtrada durante 4 horas diárias, é aconselhável que uma vez por semana o Bonsai seja exposto a luz solar directa, se possível no período da manhã, durante 3 a 4 horas.

Regar diariamente, mantendo a terra húmida ao toque, porém deve-se tomar o cuidado de não o deixar encharcado, água empoçada. Lembre-se que o nível de humidade determinará a periodicidade da rega. Bonsai para INTERIOR - Dispor o vaso onde a luz solar seja abundante. Para um melhor desenvolvimento do Bonsai, é aconselhável que seja exposto a luz solar directa pelo menos uma vez por semana, sendo o período da manhã o melhor. Bonsai para EXTERIOR - O vaso deve ser disposto num local onde possa receber luz solar directa no mínimo 4 (quatro) horas diárias.

Neste verão como veio bastante calor o meu bonsai acabou por secar. . estava sempre humido mas as folhas comecaram a cair até que o tronco secou por completo. . Sad

Voltar ao Topo Ir em baixo
Pereira



Mensagens : 118
Data de inscrição : 10/06/2009
Localização : Mouro

MensagemAssunto: Re: BONSAI tudo sobre elas   Sab Out 24, 2009 11:14 am

Há pouco tempo vi um bonsai envasado na sua bandeja sobre um suporte maior. Esse suporte continha água e nela estava mergulhada uma fita de pano, parecia um pavio dos candeeiros a petróleo. Este pode ser um método para não asfixiar a planta em demasiada água, estavam a desenvolver-se algumas raízes à volta do pavio e o bonsai vai retirando deste contentor de água apenas a que necessita para sobreviver. A Raquel pode experimentar no próximo bonsai ou mesmo a recuperar esse, às vezes as plantas parecem mortas mas não estão, no entanto não tenho experiência com bonsai.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2353
Data de inscrição : 09/03/2009
Idade : 76
Localização : Região do grande Porto

MensagemAssunto: Re: BONSAI tudo sobre elas   Dom Out 25, 2009 12:46 pm

Caro Pereira, este tema "Bonsais" é, talvez, o único em que não me sinto à vontade para falar, e por isso deixo para os entendidos.
No entanto, devo dizer que a questão que apresenta é conhecida no sistema de rega de plantas de interior, e muito usado para quem vai de férias. No curso de Lisboa, em Novembro, e uma vez que vai estar presente, falarei sobre o assunto. Arrow
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://conhecerasplantas.forumeiros.com
Pereira



Mensagens : 118
Data de inscrição : 10/06/2009
Localização : Mouro

MensagemAssunto: Re: BONSAI tudo sobre elas   Dom Out 25, 2009 1:39 pm

Sim, deixei só a dica que me pareceu muito interessante, nunca tinha visto tal procedimento. Géis, garrafas de água ao contrário, água em recipientes debaixo dos vasos, tudo isto já conhecia, agora o pavio é mesmo um ovo de Colombo! Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2353
Data de inscrição : 09/03/2009
Idade : 76
Localização : Região do grande Porto

MensagemAssunto: Re: BONSAI tudo sobre elas   Seg Out 26, 2009 11:30 am

E existem outros tipos de vasos especiais para rega de longa duração...Depois falaremos. Arrow
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://conhecerasplantas.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: BONSAI tudo sobre elas   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
BONSAI tudo sobre elas
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Tudo Sobre o Cio
» Saiba Tudo Sobre a Criação de Galo de Campina
» tudo sobre azulão
» Saiba Tudo Sobre a Criação de Pintassilgo
» INFORMAÇÕES SOBRE CRIAÇÃO DE CABOQUINHO AQUI!!!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Conhecer as Plantas :: PLANTAS DE INTERIOR-
Ir para: