Conhecer as Plantas

JARDINS DOENÇAS DE PLANTAS JARDINAGEM CURSOS SOBRE PLANTAS ORQUÍDEAS E PLANTAS DE INTERIOR FLORES COMESTÍVEIS E AROMÁTICAS ACUPUNTURA VEGETAL FITOPATOLOGIA
 
InícioRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 ALIMENTOS ORGANICOS O QUE SÃO?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
vale



Mensagens : 399
Data de inscrição : 14/01/2010
Idade : 50
Localização : Maia

MensagemAssunto: ALIMENTOS ORGANICOS O QUE SÃO?   Ter Mar 26, 2013 10:42 pm

Alimentos Orgânicos

O que são?

Os alimentos orgânicos são aqueles que utilizam técnicas que respeitam o meio ambiente e visam à qualidade do alimento em todos os processos de produção. Na agricultura orgânica não é permitido o uso de substâncias que coloquem em risco a saúde humana e o meio ambiente. Desta forma, não são usados agrotóxicos e fertilizantes no cultivo de frutas e verduras, nem antibióticos e hormônios na produção de carnes, ovos e leite.

Para ser considerado orgânico, o produto tem que ser produzido em um ambiente onde se utilizam os princípios agroecológicos que contemplam o uso responsável do solo, da água, do ar e dos demais recursos naturais, respeitando as relações sociais e culturais e a biodiversidade, contribuindo para ecossistemas mais equilibrados.

Na produção de alimentos orgânicos de origem animal são utilizadas instalações que proporcionam conforto e saúde aos animais, com fácil acesso à água, alimentos e pastagens e que possuem espaço suficiente para a movimentação do rebanho. É realizado um rodízio de animais de exigências e hábitos alimentares diferenciados, como bovinos, equinos, ovinos, caprinos e aves, e a reprodução e o desmame são feitos de forma natural.

Na produção de alimentos orgânicos de origem vegetal, as culturas seguem os ciclos das estações e as características de cada região; e a colheita é realizada na época da maturação, sem o uso de recursos de indução artificiais.

A produção orgânica nacional engloba principalmente as hortaliças. Entre os produtos orgânicos destinados à exportação merecem destaque a soja, café, cacau, açúcar mascavo, erva mate, suco de laranja, mel, frutas secas, castanha de caju, óleos essenciais, óleo de palma, frutas tropicais, palmito, guaraná e arroz.

Legislação de produtos orgânicos
No Brasil, a Lei 10.831, de 2003 regulamenta a produção, tipificação, processamento, envase, distribuição, identificação e certificação de qualidade dos alimentos orgânicos.
De acordo com a Lei, considera-se sistema orgânico de produção agropecuária todo aquele em que são adotadas técnicas específicas, mediante a otimização do uso dos recursos naturais e socioeconômicos disponíveis e o respeito à integridade cultural das comunidades rurais, empregando, sempre que possível, métodos culturais, biológicos e mecânicos, em contraposição ao uso de materiais sintéticos, organismos geneticamente modificados e radiações ionizantes.

Benefícios dos orgânicos

- São mais saborosos e saudáveis (menor teor de nitratos, alumínio, chumbo e mercúrio, e maior quantidade de compostos antioxidantes, vitamina C, cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, zinco e selênio, em relação aos alimentos convencionais), em função do manejo diferenciado dado às plantas e animais, e por serem livres de agrotóxicos, hormônios e outros produtos químicos que fazem mal à saúde;
- Diminui os riscos de contaminação do meio ambiente (solo, água, ar e biodiversidade) em relação à agricultura convencional;
- Incentiva a agricultura familiar e os pequenos agricultores a adotarem práticas agroecológicas, reduzindo sua dependência a recursos externos, tendo maior viabilidade econômica e diminuindo os riscos de intoxicação por agrotóxicos;
- Garante o desenvolvimento científico e tecnológico brasileiro, com menor dependência de recursos naturais não renováveis e de insumos externos, conservando também hábitos alimentares locais;
- Garante o desenvolvimento sustentável, preservando o meio ambiente (o solo é protegido ou recuperado para continuar fértil, de modo a não agredir o ambiente).

Autenticidade dos produtos

Alimentos genuinamente orgânicos devem apresentar o selo de certificação orgânica. Quando o consumidor compra tais produtos deve verificar se os mesmos apresentam o selo, pois esta é a garantia de que ele não está sendo enganado.
Para receber o nome “orgânico” ou “produto orgânico” no rótulo, o alimento deve conter no máximo 5% de ingredientes não-orgânicos e devem ser escritos quais são esses ingredientes.
Também é possível comprar produtos orgânicos frescos de agricultores familiares, em feiras e pequenos mercados regionais. Tais produtos muitas vezes não apresentam o selo de certificação e a garantia é que esses produtores estejam vinculados a uma organização de controle social (OCS) cadastrada nos órgãos do Governo.
Alimentos orgânicos não devem ser transportados e armazenados junto aos não-orgânicos, para evitar a contaminação por agrotóxicos.

Desvantagem dos orgânicos

Os alimentos orgânicos são mais caros do que os convencionais, pois são produzidos em menor escala, de forma mais artesanal, e os custos de produção também são maiores. Além disso, por não utilizarem pesticidas, ocorrem muitas perdas durante as colheitas, e o prejuízo é repassado na comercialização.
Porém, incluir produtos orgânicos nas compras incentiva a produção e em longo prazo, torna estes alimentos mais baratos.

O que são alimentos transgênicos e hidropônicos?

Alimentos transgênicos são aqueles que utilizam organismos geneticamente modificados em sua produção; eles não são utilizados nos processos de produção de alimentos orgânicos.
Alimento hidropônico é aquele cultivado em água e não pode ser considerado orgânico, uma vez que são utilizados adubos químicos solúveis.




Malefícios da agricultura convencional

A agricultura convencional empobrece a terra ao eliminar o ciclo vital criado pelos microrganismos naturais do solo e com o tempo, esse empobrecimento exige maior quantidade de fertilizantes para produzir os mesmos alimentos. Além disso, o uso de herbicidas e pesticidas sobre as pragas presentes no ambiente acaba selecionando aquelas mais agressivas e perigosas e criando resistência, aumentando o uso indiscriminado destes produtos tóxicos.

Malefícios dos agrotóxicos, hormônios e antibióticos

O consumo de agrotóxico em excesso causa intoxicação no organismo humano. Os sintomas mais imediatos são: dor de cabeça, dor de estômago, fraqueza, mal-estar e sonolência.
Outros sintomas podem surgir meses ou até anos após a exposição, em função da desregulação endócrina ou do agravamento de doenças crônicas não transmissíveis que os mesmos podem provocar: câncer, obesidade, doenças cardiovasculares, diabetes, nefropatias, hepatopatias, distúrbios na tireoide, infertilidade e outros.
Na gestação, o consumo de agrotóxicos pode provocar aborto espontâneo e má formação fetal.

Alimentos mais contaminados por agrotóxicos

Segundo o PARA (Programa de Análises de Resíduos de Agrotóxicos) da Anvisa, os alimentos mais contaminados por agrotóxicos (acima dos níveis aceitáveis) são: pimentão, morango, pepino, alface, cenoura, abacaxi, beterraba, couve e mamão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
ALIMENTOS ORGANICOS O QUE SÃO?
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» alimentos vivos para peixes bettas
» Como criar alimentos vivos para alevinos de Bettas
» Tipos de Alimentos para peixes
» Alimentos proibidos para calopsitas
» quais alimentos posso dar aos meus periquito fora a raçao?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Conhecer as Plantas :: FRUTAS E LEGUMES-
Ir para: